NOSSA HISTORIA.

O GRUPO ESCOTEIRO GUAJARÁ MIRIM, surgiu pelo desejo de adultos apaixonados pelo movimento escoteiro de ter no município de Cachoeirinha, uma entidade escoteira que trabalhasse em prol à educação de jovens e crianças para a vida.

Pais de Jovens em idade de lobinhos e de escoteiros entraram em contato com o escotista Paulo Ricardo Cardoso que na época atuava em um grupo de Porto Alegre, para fundar uma nova entidade escoteira em Cachoeirinha.

Esta ideia sugerida por estes pais foi prontamente posta em pratica acertando todos os detalhes.

Este novo grupo, que ainda não passava de uma proposta, deveria ser um grupo com uma preocupação básica de unir adultos com o mesmo ideal: FORMAR MELHORES CIDADÃOS, PREOCUPADOS COM A PROTEÇÃO DO MEIO AMBIENTE.

A primeira reunião ocorreu com o Sr. Gelson Braga, vizinho dos adultos que fundaram o grupo, em Julho de 2009 por iniciativa da Sra Eva Beatriz Pinto Romanzinie, para que marcasse reunião com o prefeito, Sr Vicente Pires que ocorreu no inicio de mês de Agosto de 2009, para apresentação do projeto do grupo escoteiro.

Foi solicitada ao prefeito a possibilidade do Espaço Cultural Casa do Leite servir de sede do grupo que foi aceita.

A Casa do Leite foi sede provisória do grupo até Dezembro de 2014, data em que as atividades foram transferidas para a atual sede própria na Av. Flores da Cunha, 3811, junto a APP Reserva Ambiental do Banhadinho da Casa do Leite.

COMO SURGIU O NOME DO GRUPO

O Prefeito Vicente Pires sugeriu o nome da entidade “Grupo Escoteiro Cachoeirinha”, a Chefe Carla posteriormente sugeriu que o nome fosse na língua Tupi Guarani “GUAJARÁ MIRIM” : Guajará (Cachoeira) Mirim (Pequena).

REUNIÃO DE FUNDAÇÃO

Na tarde do dia 24 de Agosto de 2009 foi feita a reunião de fundação do GUAJARÁ MIRIM 18RS

Nesta data foi aprovado o nome do grupo, o regulamento interno, o estatuto e os cargos da diretoria, conselho fiscal e chefia dos Ramos.

Nesta primeira reunião de fundação, estava presente Paulo Ricardo Cardoso, Carla Camargo Cardoso, Humberto João Grossmann, Carmem Regina Grossmann, Alexandre José Haas, Elizabeth Hoffmann Haas, Eva Beatriz Pinto Romanzinie, Fábio Luiz Romanzinie e Mariana Hoffmann Haas.

Após esta reunião foram solicitados todos os documentos necessários para o funcionamento do grupo para a UEB RS, (União dos Escoteiros do Rio Grande do Sul) também foi constituído um contador para a inscrição do grupo como entidade jurídica.

Foi escolhido para a primeira atividade e promessa do grupo o dia 27 de Fevereiro de 2010 que é a data oficial da fundação do Guajará Mirim que recebeu o numeral de inscrição 18 RS.

Desde esta data o GUAJARÁ MIRIM 18RS, tem atuado como uma entidade privada, sem fins lucrativos, formando jovens e crianças para a vida usando como ferramenta de trabalho a vida ao ar livre.

Deixe uma resposta